HomeNossa HistóriaArtigosFotosVideosNotícias
MinistériosDownloadsCadastre-seFale ConoscoLocalização
 
 
 COLUNISTAS
   Carla Alecrim
   Dom Alberto Taveira
   Dom Sérgio Eduardo Castriani, CSsP
   Frei Sebastião F., ofmcap
   Frt. Inácio da Trindade, sjs
   Ivanildo Jr
   Lucimar Maziero
   Padre Flávio Sobreiro
   Papa Bento XVI
   Papa Francisco
   Papa João Paulo II
   Pe. João Evangelista, sjs
   Pe. Micael de Moraes, sjs
   Ronnei Peterson
 
 CATEGORIAS
   **Mostrar tudo
   **Artigo
   **Bispos
   **Espiritualidade
   **Formação
   **Formação Humana
   **Liturgia Diária
   **Ministérios
   **Notícias
   **Papa
   **Raio-x do Servo
   **RCC
   **Sacerdotes
   **Santo do Dia
   **YouCat
 
Artigo: 05 de fevereiro - Santa Águeda
Subtítulo: Rogai por nós!
Data: 05/02/2015
Categoria: **Santo do Dia

Mesmo diante das dores e das humilhações ela foi firme em escolher Jesus como seu único Esposo.

Virgem e mártir, Santa Águeda nasceu no século III numa família muito conhecida, em Catânia, na Sicília. Muito cedo, ela discerniu um chamado a Deus consagrando a sua virgindade ao Senhor, seu amado e esposo. A grande santa italiana foi uma jovem de muita coragem vivendo o Santo Evangelho na radicalidade num tempo em que o imperador Décio levantou contra o Cristianismo uma forte perseguição. Aqueles que não renunciassem ao senhorio de Cristo e não O desprezassem eram punidos com muitos sofrimentos até a morte.

Santa Águeda era consagrada ao Senhor, amava a Deus, mas foi pedida em casamento por um outro jovem. Claro, por coerência e por vocação, ela disse ‘não’. Esse jovem, que dizia amá-la, a denunciou às autoridades. Ela foi presa e injustamente condenada. Que terríveis sofrimentos e humilhações!

Ela sempre se expressava com muita transparência e dizia que pertencia a uma família nobre, rica, conhecida, mas tinha honra de servir a Nosso Senhor, o seu Deus. De fato, para os santos, a maior honra e a maior glória é servir ao Senhor.

Entregaram-na a uma mulher tomada pelo pecado, uma velha prostituta para pervertê-la, mas esta não conseguiu, pois o reinado de Cristo se dava no coração de Águeda antes de tudo. Então, novamente, como num gesto de falsa misericórdia, perguntaram-lhe: “Então, o que você escolheu, Águeda, para a salvação?”. “A minha salvação é Cristo”, ela respondeu.

Os santos passaram por muitas dificuldades, mas, em tudo, demonstraram para nós que é possível glorificar a Deus na alegria, na tristeza, na saúde, na dor.

Em 254 foi martirizada e se encontra na eternidade, com seu esposo, Jesus Cristo, a interceder por nós.

Santa Águeda, rogai por nós.


Fonte: canção nova
Voltar para página de artigos
Comentários

Nome(requerido)

Email(requerido)




mais comentários clique aqui ...
Todos os direitos reservados a Invictos Tecnologia
Versão 1.0.0.89