HomeNossa HistóriaArtigosFotosVideosNotícias
MinistériosDownloadsCadastre-seFale ConoscoLocalização
 
 
 COLUNISTAS
   Carla Alecrim
   Dom Alberto Taveira
   Dom Sérgio Eduardo Castriani, CSsP
   Frei Sebastião F., ofmcap
   Frt. Inácio da Trindade, sjs
   Ivanildo Jr
   Lucimar Maziero
   Padre Flávio Sobreiro
   Papa Bento XVI
   Papa Francisco
   Papa João Paulo II
   Pe. João Evangelista, sjs
   Pe. Micael de Moraes, sjs
   Ronnei Peterson
 
 CATEGORIAS
   **Mostrar tudo
   **Artigo
   **Bispos
   **Espiritualidade
   **Formação
   **Formação Humana
   **Liturgia Diária
   **Ministérios
   **Notícias
   **Papa
   **Raio-x do Servo
   **RCC
   **Sacerdotes
   **Santo do Dia
   **YouCat
 
Artigo: Viver na expectativa da vinda do Senhor é o convite de Bento XVI
Subtítulo: Da Redação, com Rádio Vaticano
Data: 13/11/2011
Colunista: Papa Bento XVI
Categoria: **Notícias

O Evangelho de hoje nos ensina a usar bem os dons de Deus, que chama cada homem à vida e lhe confia talentos e entregando-lhe ao mesmo tempo uma missão para realizar, afirmou O Papa Bento XVI antes da recitação do Angelus deste domingo, 13, numa breve reflexão dedicada à parábola dos talentos.  


"Queridos irmãos acolhemos o convite à vigilância que é a atitude de quem sabe que o Senhor voltará e quererá ver em nós os frutos do seu amor", disse o Papa aos fiéis reunidos na Praça São Pedro, no Vaticano, que somavam cerca de 40 mil pessoas.

O Santo Padre afirmou que a Palavra de Deus deste domingo nos exorta que a vida terrena é provisória e devemos vivê-la como uma peregrinação, mantendo o olhar fixo para a meta que é Deus.

"Deus é o nosso destino último e o sentido do nosso viver, enquanto que a passagem obrigatória para chegar esta realidade definitiva é a morte, seguida pelo juízo final", destaca. 

Ao recordar as palavras do apóstolo Paulo, que diz que o dia do Senhor virá como um ladrão a noite, sem nos avisar, o Papa afirmou que ter a "consciência do regresso glorioso do Senhor Jesus leva-nos a viver numa atitude de vigilância, esperando a sua manifestação na memória constante da sua primeira vinda".


Após o Angelus, o Santo Padre recordou sua viagem à Benin, na África, no próximo final de semana. Em seguida, destacou a jornada de oração pela "Igreja perseguida", promovida na Polônia pela pela organização católica internacional "Ajuda à Igreja que Sofre", recordando em particular os católicos do Sudão. 

“Deixo votos de que esta jornada sensibilize todos para o drama da pobreza humana e das perseguições, para a necessidade de respeitar a dignidade humana e o direito à liberdade religiosa”, afirmou.

O Santo Padre recordou também o Dia Mundial do Diabetes, celebrado nesta segunda-feira, 14, e destacou que reza sempre pelos que sofrem esta enfermidade e pelos profissionais de saúde que se enpenham para ajudá-los. 

Fonte: Canção Nova
Voltar para página de artigos
Comentários

Nome(requerido)

Email(requerido)




mais comentários clique aqui ...
Todos os direitos reservados a Invictos Tecnologia
Versão 1.0.0.89